Donos do Tesla Model 3 aprovam o recurso mais polêmico do carro

Tesla Model 3 (Divulgação)
Compartilhe com seus seguidores

90% dos 5.000 proprietários do modelo acreditam que o sistema de piloto automático torna o carro mais seguro

Uma pesquisa recente da Bloomberg mostrou que mais de 90% dos 5.000 proprietários do Tesla Model 3 acreditam que o polêmico recurso semi-autônomo do piloto automático deixa o carro mais seguro. Os participantes da pesquisa deram nota 4,43 de 5 para o recurso.


Além disso, 61% dos proprietários disseram que estavam ?muito satisfeitos? com a segurança do carro. Apenas 1% respondeu que se sentia ?muito? ou ?um pouco insatisfeito? com o recurso. Em compensação, outros recursos do piloto automático, como mudar de faixa, receberam notas mais baixas.

Outro ponto abordado na pesquisa sobre o piloto automático foi se o recurso já colocou o motorista em uma situação perigosa. Apenas 13% dos participantes responderam que sim, enquanto 28% colocaram que foram salvos dessas situações. O ?Smart Summon?, recurso que leva o carro até o dono em um estacionamento recebeu aprovação de 70% dos proprietários, mas apenas 41% o consideraram confiável o suficiente.

O recurso do piloto automático da Tesla recebeu críticas após diversos acidentes graves, as vezes fatais, durante seu uso. A montadora afirma que os motoristas devem manter a atenção e as mão no volante. Os críticos afirmam que é natural perder a atenção quando o carro controla a direção, aceleração e frenagem sozinho.

Via: Business Insider

carro Tesla carros elétricos piloto automático tesla model 3
Curtiu esse conteúdo? Assine nossas newsletters e fique por dentro do que acontece em primeira mão!
Compartilhe com seus seguidores
Assine nossa newsletter!
Parabéns! Sua assinatura foi recebida com sucesso!
Atenção: Em instantes você receberá um email de confirmação da assinatura. Para efetivá-la, clique no link de confirmação que você receberá. Verifique também sua caixa de SPAM, pois por se tratar de um email automático, seu servidor de emails poderá identificar incorretamente a mensagem como não solicitada.