Jaguar Land Rover quer pagar criptomoedas para quem relatar falhas nas estradas

Clara Guimarães, editado por Roseli Andrion
Jaguar Land Rover (Divulgação)
Compartilhe com seus seguidores

Ao informar sobre buracos na estrada, o motorista pode garantir o dinheiro para pagar o pedágio

A Jaguar Land Rover revelou hoje (29) sua tecnologia de carro conectado a uma carteira inteligente. Embora o modelo ainda esteja em testes, a premissa é bem clara: o usuário que oferecer informações sobre as rodovias será recompensado com criptomoedas na carteira embutida no carro.


O dinheiro virtual pode ser utilizado de diversas maneiras, como para pagar um café ou o pedágio. As informações pedidas pela montadora são justas: ela não quer o número da carteira de motorista nem acesso aos trajetos, mas informações sobre clima e trânsito, bem como buracos e outros problemas na via. A ideia é que, quanto mais gente fornecer esse tipo de informação, melhor deve ficar o sistema de definição de rotas da empresa.

Em troca desses dados, os usuários receberão criptomoedas ? a quantidade e o tipo, entretanto, ainda não foram especificados. Podem ser bitcoins, ethereum ou qualquer uma das inúmeras criptomoedas existentes. O dinheiro fica armazenado na carteira virtual até que seja utilizado. 

Por enquanto, os carros estão em operação apenas no centro de engenharia de software da montadora na Irlanda. Já se sabe, entretanto, que a companhia quer ter um sistema de rota com índice zero de acidentes e congestionamento ? e ela parece ter encontrado um modelo de recompensa inteligente para colocar o conceito em prática. 

Via: Cnet

Automóveis carro Carro conectado bitcoin criptomoeda carteiras digitais
Curtiu esse conteúdo? Assine nossas newsletters e fique por dentro do que acontece em primeira mão!
Compartilhe com seus seguidores
Assine nossa newsletter!
Parabéns! Sua assinatura foi recebida com sucesso!
Atenção: Em instantes você receberá um email de confirmação da assinatura. Para efetivá-la, clique no link de confirmação que você receberá. Verifique também sua caixa de SPAM, pois por se tratar de um email automático, seu servidor de emails poderá identificar incorretamente a mensagem como não solicitada.