Roupa com estampa de placas engana sistemas de vigilância dos EUA

Linha de roupas Adversarial Fashion (Reprodução)
Compartilhe com seus seguidores

Motivo é a ilustração que fornece dados falsos às câmeras com leitores automáticos de placas, que são usadas para o rastreamento de pessoas e veículos

A hacker e designer Kate Rose apresentou sua nova linha de roupas tecnológicas na conferência de segurança cibernética, a DefCon, em Las Vegas. Segundo ela, sua coleção, chamada Adversarial Fashion, é capaz de enganar as câmeras com leitores automáticos de placas (ALPRs) usadas para rastrear civis.


Kate explicou que as placas desenhadas em moletons, camisas, vestidos e saias acionam os leitores automáticos de placas (ALPRs) para injetar dados inúteis nos sistemas usados para rastrear civis. 

O que são ALPRs?

Nos Estados Unidos, existem milhares de câmeras ALPRs, leitores automáticos que detectam e fotografam as placas de um veículo e registram seus dados, localização e horário. Normalmente, elas são controladas por departamentos de polícia e agências governamentais, que usam um algoritmo para cruzar dados e verificar se o carro é procurado, mas civis também podem comprá-las. Algumas pessoas afirmam que essa é uma prática questionável de vigilância em massa.

Fonte: MIT Technology Review

Câmeras Tecnologia carro privacidade estados unidos roupa armazenamento de dados Vigilância
Curtiu esse conteúdo? Assine nossas newsletters e fique por dentro do que acontece em primeira mão!
Compartilhe com seus seguidores
Assine nossa newsletter!
Parabéns! Sua assinatura foi recebida com sucesso!
Atenção: Em instantes você receberá um email de confirmação da assinatura. Para efetivá-la, clique no link de confirmação que você receberá. Verifique também sua caixa de SPAM, pois por se tratar de um email automático, seu servidor de emails poderá identificar incorretamente a mensagem como não solicitada.