Entenda o que 2018 representou para o futuro dos carros elétricos e autônomos

"A resposta é sim e não! Sim, se você estiver disposto a gastar muito dinheiro. sensores ainda são muito caros. Alguns custam mais de 100 mil dólares. A gente precisa de radares e câmeras. As câmeras não são problema. A não ser que você queira que elas enxerguem no escuro. Mas já existe tecnologia. os sensores que existem são suficientes para produzir os veículos que vão se dirigir por si próprios - e ainda vão enxergar longe o bastante. Mas eles são muito caros!", explica Maarten Sierhuis, diretor do Centro de Pesquisa Nissan.

Carro elétrico carro Carro conectado Carros conectados carros autônomos carros elétricos
Curtiu esse conteúdo? Assine nossas newsletters e fique por dentro do que acontece em primeira mão!
Compartilhe com seus seguidores
Assine nossa newsletter!
Parabéns! Sua assinatura foi recebida com sucesso!
Atenção: Em instantes você receberá um email de confirmação da assinatura. Para efetivá-la, clique no link de confirmação que você receberá. Verifique também sua caixa de SPAM, pois por se tratar de um email automático, seu servidor de emails poderá identificar incorretamente a mensagem como não solicitada.