Jeff Bezos espera sucesso de Game of Thrones em série spin-off de Senhor dos Anéis

Fabrício Filho, editado por Liliane Nakagawa
Série da Amazon inspirada em Senhor dos Anéis (Reprodução)
Compartilhe com seus seguidores

Nova série da Amazon vai explorar o universo criado por Tolkien e pretende contar novas histórias sobre a Terra Média

A Amazon Studios anunciou em 2017 que irá produzir uma série baseada em O Senhor dos Anéis, na qual os acontecimentos datam de milhares de anos antes da saga do hobbit Frodo. Jennifer Salke, presidente da Amazon Studios, afirmou que a primeira temporada tem previsão de chegada ao Prime Video em 2021, no entanto, funcionários do estúdio disseram que a série pode ficar pronta antes, e talvez seja lançada em 2020. 


O acordo diz que a empresa pode tratar de quaisquer histórias sobre a Segunda Era da Terra Média, mas a Amazon ainda não divulgou o foco que a série abordará, revelou apenas que se passará anteriormente à Terceira Era da Terra Média, onde ocorreram os eventos de "A Sociedade do Anel", o primeiro filme da trilogia de O Senhor dos Anéis. 

Elenco 

Até o momento, somente dois nomes estão confirmados. Will Pouter, de "As Crônicas de Nárnia", "Maze Runner" e "Black Mirror: Bandersnatch" está escalado para ser um dos protagonistas da série. Além dele, a atriz australiana Markella Kavenagh também foi confirmada, apesar de nunca ter atuado em grandes em produções cinematográficas. Os personagens que os dois atores interpretarão ainda não foram revelados. 

Direção e roteiro

O diretor escolhido para os dois primeiros episódios foi o espanhol J.A. Bayona. No currículo, estão os filmes "O Orfanato", "O impossível", "Lego Batman" e, recentemente, "Jurassic Park: Reino Ameaçado". Bayona também será o diretor executivo da série, junto de Belén Atienza, com quem trabalhou em Jurassic Park. 

A equipe de roteiristas será liderada por JD Payne e Patrick McKay, e conta também com nomes como Gennifer Hutchison, de "Breaking Bad", e Bryan Cogman, de "Game of Thrones". 

Fidelidade 

Tom Shippey, estudioso da obra de Tolkien e supervisor da série, indicou que a Tolkien Estate possui poder de veto sobre qualquer conteúdo que não corresponda à visão do autor para a saga. "A Tolkien Estate insistirá para que a forma original da Segunda Era não seja alterada", afirmou Shippey.

?Sauron invade Eriador, é forçado a voltar por uma expedição númenoreana e retorna a Númenor. Lá, ele corrompe os númenorianos e os seduz para quebrar a proibição dos Valar. Tudo, o curso da história, deve permanecer o mesmo", afirmou. 

A Amazon ainda não revelou em quais locais a série será filmada. Os três filmes foram gravados na Nova Zelândia, o que torna o país o local adequado para retratar com fidelidade os acontecimentos e a Terra Média de Tolkien. 

Orçamento

O CEO da Amazon, Jeff Bezos, se envolveu diretamente nas negociações para a produção da série. De acordo com a Variety, Bezzos espera que o programa se torne "o próximo Game of Thrones" e conquiste milhões de fãs. O orçamente será de US$ 1 bilhão, com duração de cinco temporadas e ainda com a possibilidade de uma outra série variada. 

 

 

Amazon game of thrones séries Jeff Bezos Filmes&Series Amazon Prime Senhor dos Anéis
Curtiu esse conteúdo? Assine nossas newsletters e fique por dentro do que acontece em primeira mão!
Compartilhe com seus seguidores
Assine nossa newsletter!
Parabéns! Sua assinatura foi recebida com sucesso!
Atenção: Em instantes você receberá um email de confirmação da assinatura. Para efetivá-la, clique no link de confirmação que você receberá. Verifique também sua caixa de SPAM, pois por se tratar de um email automático, seu servidor de emails poderá identificar incorretamente a mensagem como não solicitada.