Warner Bros. vai usar IA para decidir quais filmes produzir

Inteligência Artificial (Foto: PhonlamaiPhoto)
Compartilhe com seus seguidores

Software da Cinelytics pode analisar dados e calcular o "valor" de um astro ou o potencial de arrecadação do filme nos cinemas

A Warner Bros. assinou um contrato com a Cinelytic, empresa que desenvolveu uma Inteligência Artificial capaz ?prever? o sucesso de um filme. A plataforma analisa imensas quantidades de dados para determinar o ?valor? de um astro ou a renda potencial de um filme nos cinemas.


?Inteligência Artificial é algo que soa assustador. Mas hoje uma IA não pode tomar nenhuma decisão criativa?, diz Tobias Queisser, fundador da Cinelytics. ?Ela é boa em analisar os números e esmiuçar imensos conjuntos de dados, mostrando padrões que, de outra forma, não seriam visíveis ou óbvios para os humanos. Para tomar decisões criativas ainda é necessário alguém com experiência e instinto?.

Pelos termos do acordo, a Warner irá usar o software da Cinelytics para guiar a tomada de decisões no estágio em que a produção de um filme é autorizada (chamado de ?greenlight?). Mas segundo o site The Verge, uma fonte próxima ao estúdio afirma que ele a IA será usada para guiar apenas decisões de marketing e distribuição.

?Tomamos todos os dias decisões difíceis que afetam o que - e como - produzimos e entregamos filmes a cinemas em todo o mundo, e quanto mais precisos forem nossos dados, melhores seremos em cativar nossa audiência?, disse o vice-presidente sênior de distribuição da Warner Bros. Tonis Kiis.

Fonte: The Hollywood Reporter

Cinema Inteligência Artificial Filmes&Series
Curtiu esse conteúdo? Assine nossas newsletters e fique por dentro do que acontece em primeira mão!
Compartilhe com seus seguidores
Assine nossa newsletter!
Parabéns! Sua assinatura foi recebida com sucesso!
Atenção: Em instantes você receberá um email de confirmação da assinatura. Para efetivá-la, clique no link de confirmação que você receberá. Verifique também sua caixa de SPAM, pois por se tratar de um email automático, seu servidor de emails poderá identificar incorretamente a mensagem como não solicitada.