Facebook copia bibliotecas de sistema de celulares dos usuários

Clara Guimarães, editado por Liliane Nakagawa
Facebook (Foto: Divulgação)
Compartilhe com seus seguidores

Empresa não explica o motivo da coleta de informações, também não oferece opção para usuário desativar o processo

Uma pesquisadora chamada Jane Manchun Wong anunciou recentemente no Twitter que encontrou um trecho de código no app do Facebook responsável por verificar periodicamente o celular do usuários em busca de bibliotecas de sistema.


Aparentemente o Facebook parece estar desenvolvendo um banco de dados de todas as bibliotecas de sistema disponíveis nos aparelhos de seus usuários. O código responsável pela coleta se chama "Global Library Collector" ou GLC.

O aplicativo para Android, basicamente, analisa as bibliotecas do sistema encontradas e compara com as que já conhece. Se o Facebook não tiver uma cópia de uma biblioteca encontrada, o app a envia para seus servidores automaticamente. Vale dizer que por serem componentes do sistema, as informações armazenadas pela empresa não contêm dados pessoais.

Apesar de não afetar a privacidade do usuário, esta ação pode afetar a experiência de uso, prejudicando o desempenho do celular durante a análise ou consumindo parte da banda da conexão durante o upload. De qualquer forma, mesmo sem fazer uso de dados pessoais, existe uma preocupação já que o Facebook não explica o motivo do armazenamento de bibliotecas do sistema em seus servidores. A empresa também não oferece a opção de cancelar a sincronização.

Por enquanto, a explicação mais plausível é que essa coleção de bibliotecas é usada para investigar erros específicos em determinados dispositivos. Seria, desse modo, semelhante à forma como o Google Play Protect funciona ao verificar aplicativos instalados e os carregar em seus servidores para análise.

A principal diferença, porém, é que o Google avisa os usuários sobre a ação, explica em sua página para que utiliza os dados coletados e oferece a opção de não participação - ao contrário do Facebook, que não faz nada disso. 

Via: Xataka Android

Segurança Google redes sociais Android Pesquisa Facebook privacidade Google Play cibersegurança
Curtiu esse conteúdo? Assine nossas newsletters e fique por dentro do que acontece em primeira mão!
Compartilhe com seus seguidores
Assine nossa newsletter!
Parabéns! Sua assinatura foi recebida com sucesso!
Atenção: Em instantes você receberá um email de confirmação da assinatura. Para efetivá-la, clique no link de confirmação que você receberá. Verifique também sua caixa de SPAM, pois por se tratar de um email automático, seu servidor de emails poderá identificar incorretamente a mensagem como não solicitada.