Hackers vazam 5 milhões de dados de agência de receitas búlgara

Hacker (Getty Images / Motortion)
Compartilhe com seus seguidores

Material vazado inclui números pessoais, endereços identificáveis e até mesmo dados de renda

A Bulgária sofreu o que foi considerado o maior vazamento de sua história nesta semana. No último dia 15, hackers enviaram para a mídia local os dados roubados originários do serviço de relatórios fiscais do país. Segundo informações, mais de 5 milhões de pessoas tiveram suas informações pessoais violadas - a Bulgária possui um total de 7 milhões de habitantes. O material inclui números pessoais identificáveis, endereços e até dados de renda.


"Hoje cedo, a mídia local recebeu um link de download para os dados vazados, que supostamente se originaram do Ministério das Finanças búlgaro", disse a NRA (Agência Nacional de Receitas) da Bulgária. É difícil dizer qual a extensão do que está dentro do banco de dados vazados, porém a mídia disse que os arquivos roubados datam de 2017. 

Em um anúncio de acompanhamento, as autoridades do país confirmaram o vazamento pelo menos parcialmente originado da agência fiscal. "Nossa investigação descobriu que cerca de 3% dos dados contidos nos bancos de dados da NRA foram acessados sem autorização há aproximadamente 20 dias", disse a agência. A investigação segue em andamento.

Segundo os hackers, a amostra enviada para a mídia cobre apenas 57 de um total de 110 bancos de dados comprometidos. Há mais de 5 milhões de cidadãos búlgaros e internacionais - dentre eles, empresas - afetados na violação. 

Em volume, acrescentaram que o vazamento completo contém cerca de 21 GB de dados; os arquivos vazados até hoje chegam a pouco menos de 11 GB.

Supostamente, os hackers enviaram links de download de um endereço de e-mail Yandex. Incluíram também uma citação de Julian Assange, do Wikileaks, com os seguintes dizeres: "Seu governo é mentalmente retardado. O estado da sua segurança cibernética é uma paródia".

Via: The Next Web

Hackers Governo Banco de Dados hack Julian Assange roubo de dados
Curtiu esse conteúdo? Assine nossas newsletters e fique por dentro do que acontece em primeira mão!
Compartilhe com seus seguidores
Assine nossa newsletter!
Parabéns! Sua assinatura foi recebida com sucesso!
Atenção: Em instantes você receberá um email de confirmação da assinatura. Para efetivá-la, clique no link de confirmação que você receberá. Verifique também sua caixa de SPAM, pois por se tratar de um email automático, seu servidor de emails poderá identificar incorretamente a mensagem como não solicitada.