Novo carro elétrico da Honda substitui espelhos retrovisores por câmeras no painel. Confira!

Beatriz Trevisan, editado por Rui Maciel
Honda elétrico (iStock/Olhar Digital)
Compartilhe com seus seguidores

Montadora argumenta que os retrovisores digitais serão um recurso padrão em seus carros elétricos, melhorando a precisão da visibilidade do motorista em até 90%

O automóvel compacto 100% elétrico da Honda, previsto para chegar no mercado no começo de 2020, terá um visual diferente do que foi visto nos carros da marca até hoje. Isso porque, em vez dos tradicionais espelhos retrovisores, o novo modelo da montadora japonesa terá câmeras laterais no lado de dentro do veículo, acopladas no painel de direção.


A empresa confirmou nesta terça-feira (28) que seu sistema de ?câmera de espelho retrovisor lateral?, que estava na versão protótipo, será um recurso padrão nos próximos carros elétricos da marca. A estrutura inclui duas telas de seis polegadas, situadas nos lados esquerdo e direito do painel, que fornecem imagens ao vivo do tráfego nas laterais do veículo.

A Honda argumenta que a tecnologia reduz as deformações da imagem dos movimentos dos veículos em 90% em relação aos espelhos retrovisores convencionais. Isso confere ao motorista mais precisão quanto ao tráfego nas laterais e uma melhoria geral de 3,8% em todo o automóvel. O aperfeiçoamento pode ainda, segundo a montadora, ajudar na eficiência e durabilidade da bateria.

Os espelhos digitais, de acordo com a empresa, melhoram o campo de visão do motorista. Os compartimentos das câmeras são moldados para evitar gotas de água na lente, que também é revestida para evitar a acúmulo de água, eliminando problemas de visibilidade em dias de chuva. Além disso, os níveis de brilho da tela são ajustados conforme as mudanças na iluminação.

O sistema oferece dois modos de exibição: normal e amplo. De acordo com a Honda, ambos ampliam o campo de visão e ajudam a reduzir os pontos cegos em 10%, na configuração normal, e em 50% na opção ampla. Nas câmeras também irão aparecer as orientações para movimento em marcha ré.

A montadora tem grandes planos para se lançar no mercado de carros elétricos com o Honda e -  ou Urban EV, como é menos conhecido. Espera-se que a bateria do veículo tenha autonomia de mais de 200 quilômetros. Além disso, ele também deve ter sistema de carga rápida, para prover 80% de capacidade da bateria em 30 minutos.

A multinacional quer levar a tecnologia para todos os seus novos modelos lançados na Europa. O sistema elétrico pode ser parcial, em um sistema híbrido com o tradicional motor de combustão, ou completo. Com isso, a montadora espera alcançar dois terços das vendas do setor no mercado europeu, para poder produzir carros do gênero em larga escala até 2025.

Uma versão comercial do automóvel elétrico da Honda, com os retrovisores digitais, será revelada ainda este ano para consumidores da Europa.

Via: Tech Crunch

Segurança Mobilidade carros elétricos
Curtiu esse conteúdo? Assine nossas newsletters e fique por dentro do que acontece em primeira mão!
Compartilhe com seus seguidores
Assine nossa newsletter!
Parabéns! Sua assinatura foi recebida com sucesso!
Atenção: Em instantes você receberá um email de confirmação da assinatura. Para efetivá-la, clique no link de confirmação que você receberá. Verifique também sua caixa de SPAM, pois por se tratar de um email automático, seu servidor de emails poderá identificar incorretamente a mensagem como não solicitada.