PM de São Paulo vai usar bikes elétricas para reforçar policiamento

PM de SP: bicicletas elétricas (Governo do Estado de São Paulo)
Compartilhe com seus seguidores

Até a polícia entrou na moda! Objetivo da iniciativa é aumentar a área de atuação e melhorar as condições dos profissionais em áreas com grande concentração de pessoas

O Governo do Estado de São Paulo entregou, nesta sexta-feira (12/07), um pacote de 75 bicicletas elétricas para a Polícia Militar. A intenção é reforçar e expandir o policiamento com bikes na capital paulista, o chamado Bikepol, que conta com uma equipe especialmente treinada. De acordo com o Governo, até o final de outubro, outros 25 veículos como este serão disponibilizados à instituição de segurança do Estado.


As novas bicicletas são uma doação da iniciativa privada. Segundo a empresa fornecedora, os veículos não são totalmente elétricos, já que os policiais precisam pedalar para recarregar a bateria e também, para dar a partida. Seus motores de 350Wh são alimentados por uma bateria de 36v e 14,5ah.

De acordo com o Governo, as bikes elétricas proporcionam maior área de atuação e mais agilidade no combate ao crime, principalmente em áreas com grande concentração de pessoas. Elas serão distribuídas em todas as regiões de São Paulo. De acordo com o governador João Doria, outros 200 veículos do tipo devem entrar em circulação até o final do ano.

Para a utilização das novas bicicletas, 82 policiais passaram por treinamento no Centro de Motomecanização da Polícia Militar. O curso foi um complemento, uma vez que a maioria dos policiais já são habilitados no Estágio de Especialização no Policiamento com Bicicletas, que tem duração de duas semanas.

Segurança polícia segurança pública bicicleta Governo de São Paulo
Curtiu esse conteúdo? Assine nossas newsletters e fique por dentro do que acontece em primeira mão!
Compartilhe com seus seguidores
Assine nossa newsletter!
Parabéns! Sua assinatura foi recebida com sucesso!
Atenção: Em instantes você receberá um email de confirmação da assinatura. Para efetivá-la, clique no link de confirmação que você receberá. Verifique também sua caixa de SPAM, pois por se tratar de um email automático, seu servidor de emails poderá identificar incorretamente a mensagem como não solicitada.