Menu
Editorias

Facebook libera recurso de exportação de mídia para Google Fotos

Vinicius Szafran, editado por Cesar Schaeffer
Facebook (Foto: PixaBay)
Compartilhe com seus seguidores

Ferramenta estava disponível apenas em alguns países, mas agora foi oficialmente liberado em todo o mundo

O Facebook liberou uma ferramenta que permite que todos os usuários possam exportar suas fotos da plataforma para o Google Fotos. O gerente de comunicações da empresa na Europa, Oriente Médio e África, Alexandru Voica, revelou em seu Twitter que usuários em todo o mundo agora têm acesso à ferramenta que envia fotos para o serviço em nuvem do Google.


Para ativar o recurso, é necessário entrar na aba "Suas informações no Facebook", dentro do menu de configurações, e instruir a rede social a transferir todas as suas fotos ou vídeos para o Google. Vale ressaltar que são as fotos ou os vídeos. Não é possível exportar ambos ao mesmo tempo.

Isso faz parte de um projeto de transferência de dados do setor, que visa aumentar a portabilidade das informações dos usuários entre os serviços. O objetivo do Facebook é evitar a fiscalização minuciosa de reguladores antitruste. Os reguladores temem que os gigantes da internet estejam usando dados bloqueados para desencorajar possíveis concorrentes.

Ainda assim, os benefícios para os usuários são imediatos: não será mais necessário manter uma conta que você não usa no Facebook, ainda com a preocupação de evitar invasões, apenas para preservar fotos e vídeos para o futuro. Seus momentos com a família e aquele show inesquecível serão eternos.

Via: Engadget

Google Facebook Google fotos transferência de dados Dados fotos
Curtiu esse conteúdo? Assine nossas newsletters e fique por dentro do que acontece em primeira mão!
Compartilhe com seus seguidores
Assine nossa newsletter!
Parabéns! Sua assinatura foi recebida com sucesso!
Atenção: Em instantes você receberá um email de confirmação da assinatura. Para efetivá-la, clique no link de confirmação que você receberá. Verifique também sua caixa de SPAM, pois por se tratar de um email automático, seu servidor de emails poderá identificar incorretamente a mensagem como não solicitada.