Menu
Editorias

Facebook prepara aparelho de streaming para TVs

Henrique Freitas, editado por Cesar Schaeffer
Facebook (Foto: divulgação)
Compartilhe com seus seguidores

Dispositivo aproveitará televisões como telas e usará recursos de chamada de vídeo do Portal

Você deve se lembrar dos dispositivos Portal que o Facebook anunciou no ano passado, com foco em serviços de videoconferência. Os aparelhos, que oferecem recursos avançados de câmera e áudio para chamadas em vídeo, receberam algumas atualizações nos últimos meses ? entre elas, a adição de suporte para aplicativos como o Amazon Prime Video, WhatsApp e muito mais. E, nesta quarta-feira (31), o Facebook revelou uma novidade que pode mudar completamente a experiência do Portal.


De acordo com o site The Information, o Facebook está trabalhando em um dispositivo de streaming, de codinome Catalina, que incluirá recursos de câmera de dispositivos Portal, mas não terá uma tela. Este futuro aparelho de streaming usará televisões domésticas, por exemplo, como se fossem sua tela e virá com controle remoto físico. Os clientes poderão comprar este dispositivo e conectá-lo a suas TVs para começar a aproveitar a experiência do Facebook Portal.

A companhia também está conversando com Netflix, Disney, Hulu, HBO e Amazon para reunir seus respectivos aplicativos neste dispositivo de streaming. Junto à experiência de chamadas de vídeo e streaming de vídeo do Messenger/WhatsApp, o aparelho também teria recursos de realidade aumentada, para que os usuários possam interagir com objetos virtuais enquanto estiverem em uma chamada.

Fonte: The Information

Streaming Facebook TV Videochamada
Curtiu esse conteúdo? Assine nossas newsletters e fique por dentro do que acontece em primeira mão!
Compartilhe com seus seguidores
Assine nossa newsletter!
Parabéns! Sua assinatura foi recebida com sucesso!
Atenção: Em instantes você receberá um email de confirmação da assinatura. Para efetivá-la, clique no link de confirmação que você receberá. Verifique também sua caixa de SPAM, pois por se tratar de um email automático, seu servidor de emails poderá identificar incorretamente a mensagem como não solicitada.