Nave espacial indiana entra na órbita da Lua

Clara Guimarães, editado por Cesar Schaeffer
Sonda indiana (ISRO / Twitter)
Compartilhe com seus seguidores

Sonda indiana está prevista para chegar ao pólo-sul da Lua no dia 7 de setembro

A sonda indiana Chandrayaan-2 partiu há quatro semanas da Terra com uma missão: tornar a Índia a quarta nação a chegar à Lua. E hoje (20), a missão deu um passo significativo em direção ao seu objetivo. A nave espacial conseguiu entrar na órbita lunar, uma das partes mais difíceis de sua viagem.


A ISRO (agência espacial da Índia) afirmou que a manobra "foi completada com êxito às 9h (0h30 no horário de Brasília) como estava previsto, usando o sistema de propulsão a bordo. A duração da manobra foi de 1738 segundos". Entrar na órbita é especialmente complicado, porque exige muito controle. Se a sonda, por exemplo, tivesse se aproximado da Lua a uma velocidade muito alta, ela certamente se perderia no Espaço.  

A agência espacial indiana afirmou que a missão ajudará os cientistas a ampliar a compreensão sobre a origem e a evolução da Lua. Se tudo correr como previsto, a nave indiana deve chegar ao pólo-sul do satélite natural da Terra no próximo dia 7 de setembro.

Fonte: AFP

espaço foguete Lua missão espacial lançamento nave espacial sonda espacial Índia
Curtiu esse conteúdo? Assine nossas newsletters e fique por dentro do que acontece em primeira mão!
Compartilhe com seus seguidores
Assine nossa newsletter!
Parabéns! Sua assinatura foi recebida com sucesso!
Atenção: Em instantes você receberá um email de confirmação da assinatura. Para efetivá-la, clique no link de confirmação que você receberá. Verifique também sua caixa de SPAM, pois por se tratar de um email automático, seu servidor de emails poderá identificar incorretamente a mensagem como não solicitada.