Procon notifica Huawei e Google sobre fim de parceria pelo Android

Huawei P30 Pro (Foto: divulgação)
Compartilhe com seus seguidores

Fundação espera explicações sobre a situação dos usuários que adquiriram celulares da Huawei

O Procon-SP anunciou nesta quinta-feira, 30, que decidiu notificar a Huawei, o Google e empresas de comércio eletrônico para esclarecimento da situação dos celulares da marca chinesa. A preocupação é relacionada à informação de que os aparelhos deixarão de ser atualizados como resultado do encerramento da parceria que permitia o uso do Android nos smartphones.

A Huawei já havia se pronunciado publicamente sobre o tema, no entanto. A companhia bate na tecla de que a quebra do acordo só afetará os próximos smartphones a serem lançados no futuro. Os modelos que compõem o portfólio atual da empresa seguirão sendo atualizados normalmente, e todos os serviços do Google continuarão funcionando sem restrição.

"Todos os smartphones existentes do portfolio Huawei, ou seja, aqueles que já foram vendidos e aqueles que estão atualmente à venda e em estoque, podem ser usados normalmente e não serão afetados. Além disso, esses dispositivos podem continuar a usar e atualizar serviços do Google, como o Google Play, o Gmail, etc. Da mesma forma, esses produtos continuarão recebendo atualizações dos patches de segurança do Google e poderão atualizar, sem nenhum problema, todos os aplicativos disponíveis no Google Play, incluindo todos os aplicativos de terceiros", disse a Huawei em comunicado.

De qualquer forma, o Procon-SP espera esclarecer a situação para ?resguardar os direitos dos consumidores e garantir que não sejam prejudicados?. Além de Google e Huawei, foram notificados B2W (empresa dona de marcas como Americanas.com e Submarino), Magazine Luiza, Walmart, Fast Shop, Carrefour, Vivo, TIM, Nextel, Oi e Claro.

Entre as informações que o Procon-SP estão as implicações para os consumidores que usam o Android nos celulares da Huawei. ?Foram solicitados também esclarecimentos sobre quais serão as restrições de sistema impostas aos usuários da plataforma Android que adquiriram aparelhos da referida marca; se haverá limitação de acesso a aplicativos de propriedade do Google; se será adotada alguma providência de ressarcimento a quem adquiriu este aparelho com a expectativa de utilização plena da plataforma e aplicativos Google e quais as garantias podem ser ofertadas ao consumidor quanto ao uso e atualização do serviço?, diz o comunicado da fundação.

Celulares Smartphones Huawei smartphone huawei
Curtiu esse conteúdo? Assine nossas newsletters e fique por dentro do que acontece em primeira mão!
Compartilhe com seus seguidores
Assine nossa newsletter!
Parabéns! Sua assinatura foi recebida com sucesso!
Atenção: Em instantes você receberá um email de confirmação da assinatura. Para efetivá-la, clique no link de confirmação que você receberá. Verifique também sua caixa de SPAM, pois por se tratar de um email automático, seu servidor de emails poderá identificar incorretamente a mensagem como não solicitada.