Spotify passa a permitir que anunciantes segmentem propagandas por podcasts

Spotify (Foto: Reprodução)
Compartilhe com seus seguidores

As categorias de podcasts acabam sendo mais específicas do que as listas de músicas e permitem que as marcas segmentem melhor seus anúncios

O Spotify está dando o próximo grande passo em termos de criação de seus negócios no ramo de  podcasts. Para isso, o serviço oferece agora a capacidade dos anunciantes segmentarem os ouvintes com base nos tipos de podcasts que estão transmitindo. A empresa diz que as marcas poderão alcançar os usuários do Spotify Free de acordo com as categorias de Comedia, Saúde e Lifestyle e Negócios e Tecnologia.


Diferentemente de antes, quando os anunciantes poderiam segmentar principalmente os ouvintes de camada livre do Spotify pelo conteúdo que gostam, seja pelo gênero ou pela lista de reprodução, agora eles conseguem selecionar pela categoria de podcast que consomem, o que, provavelmente, será muito mais específico para os anunciantes, melhorando a segmentação do público.

A notícia é, provavelmente, apenas o começo de como a Spotify planeja eventualmente alavancar seus crescentes recursos de podcast para tornar seus anúncios mais valiosos e gerar mais receita. "Queremos desenvolver uma solução de publicidade mais robusta para os podcasts que nos permita incluir os tipos de recursos de segmentação, medição e geração de relatórios que temos para anúncios veiculados com outras experiências de conteúdo, como músicas e vídeos", disse um porta voz da empresa ao The Verge.

Inicialmente, a empresa fez parceria com a Samsung e a 3M para testar a segmentação de anúncios baseada em podcast, mas a capacidade está sendo implementada em 10 mercados atualmente, incluindo EUA, Canadá, México, Brasil, Reino Unido, França, Alemanha, Itália, Espanha e Austrália.

O streaming de música comprou recentemente as empresas de podcast Gimlet, Parcast e Anchor por US$ 400 milhões, e tem expandido constantemente sua linha de conteúdo exclusivo, que agora inclui programas. Tudo isso é mais uma prova de que os hábitos de escuta do podcast são muito mais reveladores do que o gosto musical e que a tendência é que esse mercado cresça cada vez mais.

 

Via: The Verge

Podcast Spotify
Curtiu esse conteúdo? Assine nossas newsletters e fique por dentro do que acontece em primeira mão!
Compartilhe com seus seguidores
Assine nossa newsletter!
Parabéns! Sua assinatura foi recebida com sucesso!
Atenção: Em instantes você receberá um email de confirmação da assinatura. Para efetivá-la, clique no link de confirmação que você receberá. Verifique também sua caixa de SPAM, pois por se tratar de um email automático, seu servidor de emails poderá identificar incorretamente a mensagem como não solicitada.