Todos os iPhones de 2020 suportarão 5G, diz analista

Bruna Lima, editado por Rafael Rigues
iPhone X (Foto: Amelia Holowaty Krales /)
Compartilhe com seus seguidores

O analista Ming-Chi Kuo confirmou que os modelos suportarão o 5G e disse que por enquanto os chips continuam sendo os da Qualcomm

Enquanto as operadoras começam a lançar redes 5G em todo o mundo, os fabricantes de telefones estão ocupaqdos desenvolvendo aparelhos compatíveis com o novo padrão. Há muitos rumores e expectativa de que a Apple irá lançar um iPhone compatível com 5G em 2020, mas agora um novo relato sugere que todos os três modelos de iPhone lançados no ano que vem suportarão 5G.


No mês passado Ming-Chi Kuo, analista de mercado especializado na Apple, informou que iPhones de 5,4 e 6,7 polegadas da safra 2020 ano suportariam 5G, enquanto um terceiro modelo, um sucessor mais barato do iPhone XR de 6,1 polegadas, só acessaria redes LTE. Mas agora Kuo agora publicou uma nova reportagem, onde afirma que todos os três modelos do iPhone suportarão 5G. Ele observa que ?a Apple tem mais recursos para desenvolver o iPhone 5G após a aquisição da divisão de modems da Intel?.

No entanto, segundo o site MacRumors a empresa ainda não está completamente pronta para deixar de usar os chips da Qualcomm nos modelos 5G, e que provavelmente ela não vai possuir seus próprios modems até 2021.

Kuo observa que ele espera que a maioria dos telefones Android ofereça suporte à versão sub-6GHz de 5G, mas não à versão mmWave, que oferece mais velocidade. Já o iPhone 2020 deve suportar tanto o espectro mmWave quanto o Sub-6GHz ?portanto, os modelos serão vendidos a preços mais altos, ganhando mais subsídios das operadoras móveis e a intenção de compra dos consumidores?.

Via: The Verge

iPhone Apple 5G smartphone
Curtiu esse conteúdo? Assine nossas newsletters e fique por dentro do que acontece em primeira mão!
Compartilhe com seus seguidores
Assine nossa newsletter!
Parabéns! Sua assinatura foi recebida com sucesso!
Atenção: Em instantes você receberá um email de confirmação da assinatura. Para efetivá-la, clique no link de confirmação que você receberá. Verifique também sua caixa de SPAM, pois por se tratar de um email automático, seu servidor de emails poderá identificar incorretamente a mensagem como não solicitada.