Uber testará seus táxis voadores em Melbourne

Uber Copter (Foto: Uber)
Compartilhe com seus seguidores

Essa foi a terceira cidade a ser escolhida para receber o serviço já no próximo ano. Rio de Janeiro e São Paulo também foram consideradas

A Uber escolheu a terceira cidade para se juntar a Dallas e Los Angeles para os testes do seu novo serviço: Melbourne, na Austrália. O local deveria ser Dubai, mas as negociações caíram e levaram a empresa a procurar outro local. A Uber considerou  Rio de Janeiro, São Paulo, Paris, Mumbai, Délhi, Bangalore, Tóquio e Sydney, mas Melborne venceu. Os vôos de teste devem começar a partir de 2020, com o objetivo de iniciar operações comerciais a partir de 2023.


Os voos de teste de Melbourne levarão os passageiros de um dos shoppings de Westfield ao aeroporto internacional da cidade. Essa é uma jornada de 12 milhas que, normalmente, leva cerca de 25 minutos de carro - com um táxi voando, levará apenas 10 minutos. Os passageiros poderão reservar voos através do aplicativo do Uber como qualquer outro passeio por preços comparáveis aos do UberX, embora eles precisem fazer o caminho de ida e volta de plataformas de pouso específicas, chamadas "Skyports".

Susan Anderson, Gerente Geral Regional da Uber para a Austrália, Nova Zelândia e Norte da Ásia, justificou à Reuters que o motivo da escolha do local é porque o governo australiano "adotou uma abordagem voltada para o futuro para o compartilhamento de caronas e a futura tecnologia de transporte". Melbourne, em particular, tem "fatores demográficos e geoespaciais únicos e uma cultura de inovação e tecnologia" que a tornam perfeita para os testes.

Várias empresas estão desenvolvendo táxis voadores como um modo futuro de transporte. A chefe global da divisão de aviação da empresa, Uber Elevate, Eric Allison, disse que o aumento da mobilidade aérea ajudaria a aliviar o congestionamento nas cidades, e que a ?dependência da propriedade de carros particulares não será sustentável" em um futuro próximo.  

A Uber está trabalhando com a Nasa e o Exército dos EUA em seus táxis voadores e tem dois fabricantes de aeronaves, a Embraer e a Pipistrel Aircraft, também a bordo nesse processo. No ano passado, a empresa disse que abriria um laboratório em Paris para desenvolver táxis voadores.

 

Via: Engadget

uber Austrália
Curtiu esse conteúdo? Assine nossas newsletters e fique por dentro do que acontece em primeira mão!
Compartilhe com seus seguidores
Assine nossa newsletter!
Parabéns! Sua assinatura foi recebida com sucesso!
Atenção: Em instantes você receberá um email de confirmação da assinatura. Para efetivá-la, clique no link de confirmação que você receberá. Verifique também sua caixa de SPAM, pois por se tratar de um email automático, seu servidor de emails poderá identificar incorretamente a mensagem como não solicitada.