Xiaomi anuncia loja oficial no Brasil e chegada de patinete elétrico

Mi Store - Barcelona (Olhar Digital)
Compartilhe com seus seguidores

Presença da empresa no país irá muito além dos celulares; Mi Band 3 e Mi Bedlamp também estão confirmados

O lançamento de cinco novos celulares não foi a única novidade do dia da Xiaomi para o público brasileiro. A empresa, que está ampliando suas ambições no país em uma parceria com a DL Eletrônicos, também confirmou a chegada de sua primeira loja oficial por aqui.

Até o momento, a empresa confirmou apenas uma unidade, no Shopping Ibirapuera, na zona Sul de São Paulo, com previsão de abertura para 1º de junho. No entanto, a empresa informa que tem a intenção de expandir para outras regiões ? mas ainda não especificou quais.

Além das lojas físicas, a Xiaomi também venderá seus produtos em seu site oficial, que já foi adaptado para o Brasil: a página Mi.com agora redireciona para a versão nacional do site da empresa. Foram anunciadas, ainda, parcerias com marcas tradicionais de comércio eletrônico, que devem ajudar na distribuição dos produtos da fabricante chinesa no país.

Entre elas estão Americanas, Pernambucanas e Magazine Luiza. Essa é uma estratégia importante, visto que uma das falhas da primeira vinda da Xiaomi ao Brasil foi justamente a dificuldade de levar os aparelhos até o público: a empresa havia apostado apenas na venda direta, sem parceiros.

Muito além dos celulares

A Xiaomi não vende só celulares. Quem acompanha o Olhar Digital sabe que, pelo menos uma vez por semana, um novo produto inusitado é anunciado pela empresa. Agora, alguns deles começarão a chegar ao Brasil.

O mais curioso da nova leva é o Mi Electric Scotter, um patinete elétrico, similar a vários dos que estão nas ruas das grandes capitais atualmente graças a serviços de aluguel como Grin e Yellow. O aparelho foi anunciado durante o Mobile World Congress (MWC) 2019 e deve chegar ao Brasil como parte do projeto de expansão da Xiaomi no país. O modelo, que recarrega a bateria quando o usuário freia e pode ser controlado pelo aplicativo Mi Home, promete 30Km de autonomia.

Outros aparelhos confirmados pela Xiaomi incluem a pulseira Mi Band 3, que, entre outras coisas, monitora saúde e exercícios, e a Mi Bedlamp, um abajur conectado compatível com Google Assistente. Os dois aparelhos, inclusive, podem se conectar: quando a Mi Band detecta que o usuário está em sono profundo, a lâmpada se apaga automaticamente.

Segundo a própria Xiaomi, esses produtos devem ser apenas o começo da invasão da marca no Brasil: a empresa confirmou a intenção de trazer ?dezenas? de aparelhos e, pelas imagens divulgadas até o momento, estão na lista bicicletas, malas de viagem inteligentes, mochilas e outros.

xiaomi
Curtiu esse conteúdo? Assine nossas newsletters e fique por dentro do que acontece em primeira mão!
Compartilhe com seus seguidores
Assine nossa newsletter!
Parabéns! Sua assinatura foi recebida com sucesso!
Atenção: Em instantes você receberá um email de confirmação da assinatura. Para efetivá-la, clique no link de confirmação que você receberá. Verifique também sua caixa de SPAM, pois por se tratar de um email automático, seu servidor de emails poderá identificar incorretamente a mensagem como não solicitada.