Apple compra startup de inteligência artificial focada em privacidade

Daniel Junqueira
apple logo (Andrew* / nez / Flickr)
Compartilhe com seus seguidores

Para reforçar o desenvolvimento em inteligência artificial, a Apple fechou a aquisição de uma startup chamada Silk Labs, que é conhecida pela criação de softwares de aprendizado de máquina com uma abordagem pró-privacidade.


Fundada pelo antigo CTO da Mozilla Andreas Gal, a Silk Labs até tentou lançar um dispositivo próprio: em 2016, a empresa anunciou uma câmera chamada Sense que tinha como objetivo conectar dispositivos inteligentes em uma casa. Após uma campanha fracassada no Kickstarter, o produto foi cancelado e a startup passou a focar na criação de softwares de inteligência artificial.

O diferencial do software da Silk Labs para outras ofertas do mercado é o foco em privacidade: de acordo com o site da startup, a tecnologia de visão de máquina é capaz de detectar pessoas e reconhecer o rosto, mas com uso de criptografia para proteger informações pessoais: ela diz que o algoritmo envia apenas alguns momentos-chave de vídeo para a nuvem em vez da transmissão constante de conteúdo.

De acordo com o site The Information, a compra da Silk Labs foi fechada há alguns meses e o preço não foi muito alto, embora o valor não tenha sido divulgado. Apple e Silk Labs não comentaram o negócio.

Apple Negócios Inteligência Artificial
Curtiu esse conteúdo? Assine nossas newsletters e fique por dentro do que acontece em primeira mão!
Compartilhe com seus seguidores
Assine nossa newsletter!
Parabéns! Sua assinatura foi recebida com sucesso!
Atenção: Em instantes você receberá um email de confirmação da assinatura. Para efetivá-la, clique no link de confirmação que você receberá. Verifique também sua caixa de SPAM, pois por se tratar de um email automático, seu servidor de emails poderá identificar incorretamente a mensagem como não solicitada.