Fechaduras digitais trazem mais segurança e praticidade; saiba como

Equipe de criação Olhar Digital

Viva a praticidade de poder sair de casa ou do trabalho sem a preocupação de carregar as chaves por aí

As fechaduras digitais estão entre as opções mais práticas e eficazes de tecnologias disponíveis no mercado para aumentar a segurança de casas, apartamentos e empresas. Por dispensarem o uso das chaves e travarem automaticamente quando são fechadas, modelos como a FR101 da Intelbras trazem muito mais proteção que as fechaduras comuns.

Além da segurança, outro destaque das fechaduras digitais é a praticidade. Quem nunca esqueceu a chave de casa por aí e ficou horas trancado para fora, ou teve que chamar um chaveiro? Esse tipo de problema não acontece com as fechaduras digitais porque elas são acionadas por senhas numéricas. Os modelos da Intelbras, por exemplo, são capazes de armanezar até 4 senhas diferentes, de 4 a 12 digítos.

Uma facilidade das senhas é que elas podem ser compartilhadas com parentes e amigos próximos, assim não existe mais a necessidade de fazer cópias de chaves para essas pessoas. E, a qualquer momento, dá para trocar as senhas cadastradas na fechadura digital, o que garante o controle total do dono sobre quem acessa o ambiente.

Existem diferentes modelos de fechaduras digitais disponíveis no mercado. Há versões que são compatíveis com cartões de proximidade, que funcionam como pequenos chaveiros. A fechadura FR 201 da Intelbras, por exemplo, tem capacidade para ler até 100 chaveiros diferentes.

A tecnologia de abertura por proximidade também pode ser aplicada em pulseiras e, até mesmo, em adesivos. Dá para colar um adesivo atrás do celular e nunca mais ter que se preocupar em onde as chaves de casa ou do trabalho estão guardadas.

Há também no mercado fechaduras com tecnologias mais avançadas, que trabalham com cadastro biométrico. O modelo FR 220 da Intelbras é uma dessas, com capacidade para até 100 impressões digitais diferentes.

As fechaduras digitais da Intelbras operam com baixíssimo uso de energia. Precisam apenas de 4 ou 8 pilhas alcalinas para funcionar, dependendo do modelo. Então, dá para ficar tranquilo, porque elas não causam nenhuma alteração na conta de luz.

Os modelos de fechadura digital da Intelbras têm autonomia de uso de 1 ano, considerando 10 acionamentos diários, que é o consumo médio de uma família de 4 pessoas.

Para evitar qualquer problema, as fechaduras digitais começam a emitir avisos visuais e sonoros uma semana antes das pilhas acabarem. Mas, se mesmo assim elas não forem trocadas, não há motivo de preocupação. Todas as fechaduras contam com uma forma de abertura de emergência. Basta encaixar nos conectores da fechadura uma bateria de 9 volts - aquelas quadradas, bem fáceis de achar em qualquer loja de conveniências. A fechadura vai ser energizada, você digita a sua senha e pronto, vai dar para abrir normalmente e efetuar a troca das pilhas.

As fechaduras digitais também contam com outras funções de proteção e privacidade. Caso alguém tente arrombar a porta ou digite errado 5 vezes a senha, ela dispara um alarme sonoro. E tem também a função "Não Perturbe", que pode ser ativada por dentro e impede o acesso de qualquer pessoa pelo lado de fora, mesmo que ela saiba a senha ou tenha um chaveiro de acesso.

Em geral, a instalação das fechaduras digitais é muito simples. Existem os modelos de sobrepor, como a FR 201, que permitem reutilizar a maçaneta da porta. Para instalar uma fechadura desse tipo, basta apenas fazer na porta um furo de serra copo de 32 milímetros. Modelos como esse possuem um ótimo custo benefício e são indicados para portas com espessura entre 25 e 50 milímetros.

Há também os modelos de embutir, como a FR 330, que além da senha numérica e do chaveiro de proximidade, também pode ser aberta com biometria e até com uma chave física impossível de copiar. Esses modelos mais robustos são indicados para portas com espessura entre 35 e 50 milímetros, e instalação deles é um pouco mais complicada, por isso o indicado é chamar um profissional qualificado.

Há também modelos que nem exigem furação, como a FR 400, que pode ser instalada em portas de vidro apenas sob pressão.

Conheça mais sobre os diferentes modelos de fechaduras digitais no site da Intelbras e viva a praticidade de poder sair de casa ou do trabalho sem a preocupação de carregar as chaves por aí.

Segurança publi editorial
Curtiu esse conteúdo? Assine nossas newsletters e fique por dentro do que acontece em primeira mão!
Compartilhe com seus seguidores
Assine nossa newsletter!
Parabéns! Sua assinatura foi recebida com sucesso!
Atenção: Em instantes você receberá um email de confirmação da assinatura. Para efetivá-la, clique no link de confirmação que você receberá. Verifique também sua caixa de SPAM, pois por se tratar de um email automático, seu servidor de emails poderá identificar incorretamente a mensagem como não solicitada.