Novo satélite será visível da Terra a olho nu

Uma imagem incrível, que parece saíd de filmes de ficção científica. O primeiro objeto voador movido por uma vela solar ganhou espaço em 2015. O Ligthsail 1 tinha justamente essa missão: mostrar que era possível abrir uma vela solar no espaço sideral e, a partir dela, captar a energia do sol e transformá-la em combustível para o deslocamento de uma nave. O lançamento do Lightsail foi marcado por problemas, e a equipe responsável teve muitas dificuldades para manter o contato com a nave. Porém, a vela funcionou perfeitamente. Tanto que, no último dia 24 de junho, o Falcon Heavy, foguete da SpaceX, levou ao espaçou o satélite batizado de Lightsail 2. A ideia do satélite é ainda mais ambiciosa que do Lightsail 1.

Os cientistas esperam que ele seja capaz de transitar entre diferentes órbitas, usando a energia solar captada por sua vela. Os planos diziam que a vela seria aberta cerca de 2 semanas após o lançamento. Como nesta segunda, dia 8 de julho, completam-se 14 dias do lançamento, há uma boa expectativa em torno da abertura da vela. Uma vez aberta, o satélite será visível a olho nu da Terra ? especialmente no alvorecer e no fim de tarde ? claro, desde que você esteja no caminho da viagem do objeto. Porém, mesmo que você não esteja nesse trajeto, dá para acompanhar o Lightsail pelo site da organização.

Satélites Astronomia
Curtiu esse conteúdo? Assine nossas newsletters e fique por dentro do que acontece em primeira mão!
Compartilhe com seus seguidores
Assine nossa newsletter!
Parabéns! Sua assinatura foi recebida com sucesso!
Atenção: Em instantes você receberá um email de confirmação da assinatura. Para efetivá-la, clique no link de confirmação que você receberá. Verifique também sua caixa de SPAM, pois por se tratar de um email automático, seu servidor de emails poderá identificar incorretamente a mensagem como não solicitada.