Ondas cerebrais para substituir senhas

Luiza Tozzato, editado por Roseli Andrion

O bilionário Elon Musk, responsável por empresas como Tesla e SpaceX, anunciou seu mais novo investimento: a Neuralink, uma startup que promete conectar o cérebro humano a máquinas por meio de pequenos sensores. Musk diz que os primeiros testes devem ocorrer no ano que vem.

Com a tecnologia, pode ser possível desbloquear equipamentos, como smartphones e até portas, com o poder da mente. Além disso, essa tecnologia pode ser um importante aliado no tratamento de doenças neurológicas.

Apesar das promessas do funcionamento da tecnologia, ela depende de muitos fatores como avanços tecnológicos na área dos captadores de ondas cerebrais para funcionar. Em um laboratório, por exemplo, os testes são realizados com grandes capacetes cheios de fios que são responsáveis pela captação das ondas cerebrais. Pensando em mudar isso, a Neuralink está investindo seus esforços em criar sensores pequenos, para que seja possível conectar o cérebro humano a aplicativos de smartphone.

Tesla spaceX elon musk cérebro space x neuralink
Curtiu esse conteúdo? Assine nossas newsletters e fique por dentro do que acontece em primeira mão!
Compartilhe com seus seguidores
Assine nossa newsletter!
Parabéns! Sua assinatura foi recebida com sucesso!
Atenção: Em instantes você receberá um email de confirmação da assinatura. Para efetivá-la, clique no link de confirmação que você receberá. Verifique também sua caixa de SPAM, pois por se tratar de um email automático, seu servidor de emails poderá identificar incorretamente a mensagem como não solicitada.