Menu
Editorias

Pix vai permitir saques e outras transações

Compartilhe com seus seguidores

O sistema de pagamentos instantâneos, o Pix, deve oferecer outros recursos em breve. O Banco Central do Brasil planeja permitir saques já no primeiro trimestre de 2021.

O funcionamento do saque é simples: o cliente se dirige ao caixa de um estabelecimento comercial e solicita a retirada. O atendente seleciona o Pix na máquina de cartão e cobra a quantia desejada por meio de um QR Code. O consumidor escaneia o código e recolhe o dinheiro em espécie.

Segundo o Bacen, a funcionalidade é útil para consumidores, que deixam de precisar de caixas eletrônicos para esse fim, e comerciantes, que terão redução nos custos de manejo do dinheiro. Além dos saques, outros recursos já estão nos planos da instituição.

Um deles é o parcelamento de compras, útil para quem não tem cartão de crédito. Outra ferramenta deve permitir a transferência de ativos, como imóveis e carros. Além disso, é possível que o sistema seja utilizado para saque do FGTS, pagamento por aproximação, transferências internacionais, transações entre empresas e pagamento de benefícios sociais, entre outros.

pix
Curtiu esse conteúdo? Assine nossas newsletters e fique por dentro do que acontece em primeira mão!
Compartilhe com seus seguidores
Assine nossa newsletter!
Parabéns! Sua assinatura foi recebida com sucesso!
Atenção: Em instantes você receberá um email de confirmação da assinatura. Para efetivá-la, clique no link de confirmação que você receberá. Verifique também sua caixa de SPAM, pois por se tratar de um email automático, seu servidor de emails poderá identificar incorretamente a mensagem como não solicitada.