Políticos querem que a Huawei saia da Itália antes da chegada do 5G

Wharrysson Lacerda, editado por Renato Santino

Um grupo de legisladores italianos quer banir a Huawei do país. Os políticos do partido Lega desejam acionar o parlamento para garantir que a marca seja proibida de vender equipamentos com a tecnologia 5G. Eles tentaram acionar o ?golden power? ? mecanismo que promove a intervenção em empresas privadas de setores considerados estratégicos ? para bloquear a chinesa de telecomunicações. O argumento usado contra a Huawei são as acusações de que ela compartilha informações dos usuários com o governo chinês e poderia usar isso para espionagem. Em resposta à Reuters, a empresa nega. O secretário de estado americano, Mike Pompeo, disse que os EUA não farão parceira com países que adotam a tecnologia da Huawei em razão dos riscos que ela representa. Se a decisão do governo italiano for banir mesmo a empresa chinesa, é provável que os testes e projetos que estavam sendo realizados com o 5G no país sejam cancelados. A consequência disso pode ser um atraso em relação à chegada da quinta geração de telecomunicação móvel. Entretanto, como a prioridade é a segurança, e os EUA são influentes nesse tipo de decisão, é provável que a marca saia da Itália.

Smartphones 5G Huawei smartphone
Curtiu esse conteúdo? Assine nossas newsletters e fique por dentro do que acontece em primeira mão!
Compartilhe com seus seguidores
Assine nossa newsletter!
Parabéns! Sua assinatura foi recebida com sucesso!
Atenção: Em instantes você receberá um email de confirmação da assinatura. Para efetivá-la, clique no link de confirmação que você receberá. Verifique também sua caixa de SPAM, pois por se tratar de um email automático, seu servidor de emails poderá identificar incorretamente a mensagem como não solicitada.