Robô ganha espaço em templo budista japonês

Beatriz Trevisan, editado por Renato Santino

O templo budista Kodaji de 400 anos em Kyoto, no Japão, está usando um robô humanoide de 1 milhão de dólares. Desenvolvido em parceria com a equipe de robótica da Universidade de Osaka, o "Mindar" é um androide de um metro e oitenta de altura, e é feito de silicone e alumínio e foi inspirado em Kannon, a divindade budista da misericórdia que prega o que é chamado de "Sutra do Coração" em japonês. Ele foi encomendado pelo templo à universidade para espalhar os ensinamentos de Buda de uma maneira fácil de entender e trazer paz de espírito às pessoas que procuram o templo para orientação espiritual. A ideia é usar a tecnologia para atrair pessoas que não têm muita conexão com a religião e também atrair um público mais jovem.

Robótica Robôs
Curtiu esse conteúdo? Assine nossas newsletters e fique por dentro do que acontece em primeira mão!
Compartilhe com seus seguidores
Assine nossa newsletter!
Parabéns! Sua assinatura foi recebida com sucesso!
Atenção: Em instantes você receberá um email de confirmação da assinatura. Para efetivá-la, clique no link de confirmação que você receberá. Verifique também sua caixa de SPAM, pois por se tratar de um email automático, seu servidor de emails poderá identificar incorretamente a mensagem como não solicitada.